Homem acusado de falsificar documentos é preso em Maringá

Sem Comentários

16/08/2013

Um homem de 32 anos foi preso sob acusação de estelionato e falsificação de documentos, na quinta-feira (15), em Maringá. De acordo com o delegado, o estelionatário e falsário de 32 anos, fabricava e comercializava inúmeros tipo de documentos, como identidades, comprovantes de residência, cheques, carteiras de estudante e de trabalho. “Ele conseguia falsificar qualquer tipo de documento, de A a Z, o que o cliente precisasse, através de programas de computador”, contou o delegado. Foram apreendidos documentos falsos, carimbos de cartórios, além de selos de identificação e até um rolo original da companhia de abastecimento de água da cidade, que eram utilizados na fraude. “Estamos investigando 500 golpes ao comércio de Maringá neste semestre e acreditamos que as pessoas que procuravam os serviços dele possam ter envolvimento com os casos”, explicou o delegado. O acusado é um dos maiores falsários já identificados na cidade, afirmou o delegado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O diário

Saiba como evitar perdas com fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Comentários

*