Golpistas que geraram prejuízo de quase R$ 500 mil são presos em BH

Sem Comentários

07/06/2019

Nessa quinta-feira (06), cinco pessoas, com idades entre 20 e 49 anos, foram presas em flagrante pelos crimes de estelionato, uso de documento falso e associação criminosa. As prisões ocorreram em uma agência bancária no Centro de Belo Horizonte. Acredita-se que a movimentação fraudulenta da associação criminosa já tenha dado um prejuízo de quase R$ 500 mil a bancos públicos e privados. O chefe do 1º Departamento de Polícia Civil, destacou a importância da prisão dos suspeitos. “Essa foi mais uma investigação qualificada da PCMG que resultou na prisão de cinco suspeitos. O grupo é oriundo de Governador Valadares e é especialista em golpes em instituições bancárias privadas e públicas. A investigação apurou ainda essa mesma prática criminosa no Espírito Santo e em Santa Catarina”, ressaltou.

A delegada que conduziu as investigações, revelou que um dos suspeitos foi preso na quarta-feira (05), quando tentava realizar um saque em uma agência. E, que, a partir da prisão desse suspeito conseguiram chegar aos demais na quinta-feira (06). “Policiais civis abordaram [o suspeito] enquanto tentava sacar valores, realizar empréstimos, dentre outras transações. Consta que uma das tentativas de saque foi de R$42 mil. Do lado de fora, os demais o aguardavam para que fossem a outros bancos onde já haviam outras contas abertas virtualmente, também com documentos falsos”, disse. Foram apreendidos diversos documentos falsos para concretização do golpe. “A quadrilha é da região de Governador Valadares e estava hospedada em um hotel na região da Pampulha onde foram localizados materiais para confecção dos RGs falsos. As investigações continuam com o objetivo de identificar demais integrantes dessa organização criminosa”, concluiu.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: BHAZ

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*