Golpe do bilhete premiado faz senhora entregar R$15 mil em dinheiro vivo para bandidas

Sem Comentários

15/05/2018

Na tarde desta terça-feira (15), uma senhora de 59 anos acabou caindo no conto do bilhete premiado. O crime começou em Patrocínio e terminou no Centro de Patos de Minas. A moradora acabou perdendo R$15 mil ao entregar o dinheiro vivo para duas criminosas. A vítima, que faz bolos de aniversário na própria casa em Patrocínio, disse que vinha juntando o dinheiro há muito tempo. Segundo ela, foi abordada por uma mulher baixa dizendo estar com um bilhete lotérico premiado no valor de R$ 3 milhões.  No entanto, como era analfabeta, não conseguia retirar o prêmio. Então, ela pediu ajuda. A comparsa chegou em seguida dizendo ser advogada. Para deixar a vítima mais iludida, na mesma hora, confirmou que o bilhete estava realmente premiado e que podia ajudar. Mostrando humildade, a criminosa disse que doaria para ambas a quantia de R$100 mil, o que até foi recusado pela comparsa que fingiu proceder o auxílio de coração. No entanto, para dar o golpe, elas relataram que precisariam de uma quantia para fazer o resgate dos R$3 milhões. Foi aí que veio o golpe. Primeiro, a vítima sacou R$5 mil em Patrocínio. Em seguida, elas vieram para Patos de Minas, onde a vítima tinha uma conta bancária, e sacou mais R$10 mil para as bandidas. Ao perceber o crime, a Polícia Militar foi acionada, mas já era tarde demais. Um sargento da polícia tentou verificar junto ao banco o que poderia ser feito, mas como ela havia feito o saque e entregou o dinheiro vivo, nada pôde ser feito. O policial continua os rastreamentos no Centro da cidade para tentar identificar as estelionatárias. Os policiais alertam a população para ficarem atentos a estranhos, principalmente em situações que envolvam valores.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Patos Hoje

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*