Gaeco prende suspeito de falsificar documentos em Londrina

Sem Comentários

28/01/2014

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu um homem de 50 anos em Londrina, no norte do Paraná, na segunda-feira (27), suspeito de falsificar documentos. De acordo com o Gaeco, a prisão aconteceu depois de investigações referentes à prisão de outro suspeito de falsificar documentos públicos e particulares, no dia 20. No escritório onde foi efetuada a prisão foram apreendidos carimbos, papéis com brasões, um holerite e vários documentos, como uma carteira de habilitação roubada e uma carteira de trabalho com um registro falso de emprego. Além disso, o suspeito portava um documento de identidade falso. Ele foi preso pelo crime de falsificação e falsidade ideológica. De acordo com o delegado da Gaeco, o nome do suspeito foi encontrado em duas agendas telefônicas e em canhotos de cheques do homem preso no dia 20. “Inicialmente, com a prisão de um primeiro falsificador, nós colhemos informações e obtivemos informações de que em outro endereço existia um comparsa, uma pessoa que também praticava crimes de falsificação”, disse. Para o delegado, a suspeita é que os dois homens trabalhavam em parceria. “Ele fazia um tipo de falsificação, e o outro fazia o outro tipo. Um socorria com autenticação e reconhecimento de firma, e o outro fazia algo ligado a documentação”, informou. Os militares também apreenderam três computadores, HDs externos e CDs de instalação de programas de informática. “Vamos verificar se há algum indício de algo que ele usava para falsificar os documentos. Tem um software usado para a montagem dos documentos, de carimbos, de brasões de órgãos públicos, que facilita a montagem deles”, disse o delegado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*