Empresa teria fraudado mais de 140 concessões de benefícios fiscais a pessoas com suposta deficiência em MG

Sem Comentários

11/07/2019

Uma operação nomeada como “Levanta-te” do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) foi desencadeada nesta quinta-feira (11) a fim de investigar uma empresa que teria fraudado 146 pedidos de concessão de benefícios fiscais a pessoas com suposta deficiência em todo o Estado de Minas Gerais. A operação cumpriu dois mandados de busca e apreensão, e um mandado de prisão nesta quinta.

A responsável pela empresa, uma mulher de 33 anos, é considerada foragida por ela não ter se apresentado perante o mandado de prisão, segundo o MPMG informou à família. Ao todo, a empresária intermediou, desde o final de 2017, mais de 140 pedidos de isenção fiscal para compra de veículos novos nas regiões da Zona da Mata, Sul de Minas, Oeste e Triângulo, Norte e Central do Estado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*