Advogado é preso por estelionato ao sacar PIS de trabalhador morto em Rio Preto

Sem Comentários

11/10/2018

Na semana passada, em São José do Rio Preto (SP), um advogado foi preso por estelionato. Segundo as informações da Polícia Federal, ele foi flagrado em uma agência bancária sacando o PIS em nome de um trabalhador que morreu. Com ele foram apreendidos R$ 6 mil. Ainda de acordo com a polícia, ele já era investigado por estelionato, foi preso em flagrante e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é vítima de estelionato e perde quase R$ 3 mil de conta bancária

Sem Comentários

12/10/2018

Em Votuporanga, em São Paulo, um homem, de 27 anos, foi vítima de estelionato em uma agência bancária. A vítima informou à polícia que acessava a sua conta por meio de um aplicativo de celular, mas, por alguma razão, perdeu o acesso. Quando compareceu ao banco para solucionar o problema, tomou conhecimento de que no dia 10 de setembro havia sido realizada uma transferência de dinheiro no valor de R$ 2.950,00. A vítima alegou que não reconhecia a transação. Segundo o boletim de ocorrência, a agência bancária informou que a quantia teve como destino outra conta poupança, mas não foi informado o nome do titular da conta. O homem cadastrou uma nova senha para o acesso a conta. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: A Cidade

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia investiga a venda de suspensão de multas dentro do Detran no ES

Sem Comentários

10/10/2018

A polícia investiga a venda de suspensão de multas dentro do Detran do Espírito Santo. Além desse crime, um suposto funcionário é investigado por facilitar a emissão de carteiras de habilitação (CNHs) e vender ilegalmente carros que iriam para leilão. A Polícia Civil confirmou que o golpe vem sendo investigado no Estado após o recebimento da denúncia e informou que é importante que pessoas que têm informações sobre o caso procurem a delegacia para ajudar nas investigações ou denunciem anonimamente pelo Disque Denúncia 181.

O que diz o Detran

O diretor geral do Detran-ES, explicou que se trata de um golpe e que os responsáveis vêm utilizando o nome do Departamento desde fevereiro deste ano, quando o nome do diretor foi utilizado. “São casos de estelionato e que estão sendo recorrentes. Os golpistas pegam imagens de colaboradores e servidores nossos pra legitimar o golpe, se passam por eles pelo WhatsApp, e oferecem serviços vinculados ao Detran, mas é tudo falso”, disse. Segundo o diretor, as pessoas que estão enviando essas mensagens não têm acesso ao sistema do Detran. “Não existe fraude no nosso sistema, o que acontece é um caso claro de estelionato mesmo. Na internet hoje as coisas acontecem muito rápido e as pessoas estão cada vez mais criativas, mas peço que quem receber esse tipo de mensagem, que desconfie, que denuncie”, explicou.

Moradora de Venâncio perde R$ 1.200 no golpe do empréstimo

Sem Comentários

10/10/2018

Uma moradora de Venâncio Aires, de 37 anos, perdeu R$ 1.200 no golpe do empréstimo. Um desconhecido, via rede social, lhe ofereceu um empréstimo de R$ 50 mil. A negociação estava se encaminhando, quando a vítima soube que precisaria fazer um depósito, para que o valor fosse liberado. Em um primeiro momento ela depositou R$ 200. Depois, o estelionatário pediu mais R$ 1 mil e a vítima depositou. Nesta quarta-feira o golpista entrou novamente em contato e disse que precisaria de mais R$ 2.500 para liberar o dinheiro. Desconfiada, a mulher procurou a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento e registrou o golpe. “Ninguém pede dinheiro para liberar o valor que tu pediu emprestado. Isso não existe”, alertou um delegado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Folha do Mate

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Rio Grande do Sul tem mais de 400 ocorrências de golpe com dinheiro falso em 2018

Sem Comentários

10/10/2018

A Polícia Federal já registrou 413 ocorrências de golpe com dinheiro falso neste ano. São situações que acarretam em prejuízo e transtornos, como os que uma vítima de Pelotas, no Sul do RS, passou recentemente. Ele negociou um videogame pela internet, marcou e se encontrou pessoalmente com uma suposta compradora. Em alerta, ele pediu para passar em um mercado para conferir as notas. “Eu fiquei tranquilo, disse ‘não deve ser falsa, afinal de contas ela está aceitando ir ali validar as notas’”, conta o homem. Porém, logo depois, a mulher saiu correndo com o aparelho. Os R$ 1,4 mil deixados por ela eram falsos. Dias depois, o videogame estava à venda, novamente, pelo mesmo site em que havia sido negociado. “Além de perder, eu caí no golpe, ainda acabei vendo o pessoal vendendo o meu aparelho ainda”, lamenta o homem. Com notas falsas cada vez mais similares com as originais e a possibilidade de comprar e vender pela internet, as pessoas ficam suscetíveis a golpes como esse. Por isso, a Polícia Federal faz um alerta para reforçar a atenção nesses casos. “Os criminosos se utilizam das novas plataformas das redes sociais, elas são meios de disseminação para práticas ilícitas, e obviamente aí exige maior atenção das pessoas que fazem transações econômicas usando esses meios”, diz o delegado da Polícia Federal de Pelotas. Observar a textura da nota, que deve ser áspera, e identificar a marca d’água, são importantes para evitar cair no golpe, salienta o delegado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Pintor usa documentos falsos para pegar empréstimo

Sem Comentários

09/10/2018

Nesta terça-feira (09), no Distrito Federal, um pintor, de 63 anos, foi preso no momento em que tentava fazer empréstimo de R$ 20 mil com uso de documentos falsos. O flagrante ocorreu em uma financeira localizada em Taguatinga Centro. Os funcionários desconfiaram da fraude e acionaram os policiais da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (Corf). J.W.M.A. tem diversas passagens pela polícia por estelionato. Só neste ano, ele foi autuado três vezes ao tentar aplicar o mesmo golpe no Setor Bancário Sul e Gama. Desta vez, ele foi surpreendido pela polícia com a Carteira de Habilitação, cartão bancário e extrato de rendimentos falsos. Em depoimento, ele alegou para a polícia que comprou os documentos na rua. Preso, ele terá de pagar fiança de R$ 10 mil para ganhar a liberdade.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Metrópoles

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeitos de estelionato são presos após tentativa de suborno em Ferraz de Vasconcelos

Sem Comentários

09/10/2018

Na tarde desta terça-feira (09) na Avenida Brasil, em Ferraz de Vasconcelos, dois suspeitos de estelionato foram presos em flagrante por tentativa de suborno. Com eles a polícia encontrou uma pequena quantidade de drogas, mais de R$ 400 em dinheiro, além de documento de identidade e cartão em nome de outras pessoas. Conforme a polícia, uma equipe abordou o veículo com dois ocupantes. Quando a equipe consultou o documento do veículo, havia um registro de que ele estava envolvido em um caso de clonagem de cartão. Com um dos suspeitos foi encontrado uma pequena quantidade de droga que, segundo ele, era para consumo próprio. O outro homem portava um cartão com número e senha em nome de uma mulher. O homem confessou que a conta era da namorada de um amigo, que serviria para depositar R$ 1,5 mil provenientes de golpes, e que ele ficaria com uma parte e a titular da conta com outra. Eles confessaram participar de um esquema de estelionato. O suspeito ofereceu R$ 400 para que os policiais liberassem eles, mas o valor não foi aceito. Diante disso, o suspeito ofereceu os R$ 1,5 mil que já tinham sido creditados na conta. Neste momento, os policiais prenderam os homens por tentativa de suborno.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo