PRF autua condutor suspeito de clonar veículo e portar documento furtado do Detran no Piauí

Sem Comentários

19/07/2019

Nesta nesta sexta-feira (19), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) autuaram em Piripiri (PI), um condutor suspeito de apresentar aos policiais um documento falso criado a partir de uma cédula de licenciamento de veículo que furtada da sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do Piauí. Segundo a PRF, o documento falso foi usado para tentar “regularizar” um veículo roubado que estava com as placas clonadas.

Na abordagem, o condutor, um homem não identificado de 33 anos, apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) com indícios de falsificação. Ao conferir o documento, os policiais constataram que a numeração pertencia ao lote de cédulas furtadas da sede do Detran em Teresina (PI), ocorrido em junho deste ano.

O condutor foi autuado por adulteração de sinal identificador de veículo automotor, receptação e uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é condenado por apresentar carteira de habilitação falsa em blitz

Sem Comentários

19/07/2019

A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico nesta quinta-feira (18). O crime de uso de documento falso está previsto no artigo 304, combinado com artigo 297, ambos do Código Penal. O réu alegou, em sua defesa, que tentou tirar a carteira mais de 20 vezes e, como não conseguiu, confessou que dirigia com documento falso.

O caso

O policial que realizou a abordagem afirmou que o réu entregou o documento e desde o início desconfiou que fosse falso, porque o papel era diferente. “Ele chegou a declarar que era autêntico, então fizemos a pesquisa e constatamos que ele não tinha habilitação”, disse o policial. A abordagem foi registrada em gravação audiovisual (que foi anexada aos autos processuais), seguida de prisão em flagrante.

O juiz titular da unidade judiciária, prolatou a condenação. “Conforme os elementos de prova apurados, o acusado fez uso de documento público falso. A confissão colhida confirmou os fatos e o modus operandi, bem como os motivos que o levaram a praticar o ato ilícito”, pontuou o magistrado. Então o Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco condenou o homem por apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa, em blitz. A pena arbitrada foi substituída por prestação de serviço à comunidade, com jornada semanal de seis horas, mais prestação pecuniária de um salário mínimo.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: ContilNet

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Estelionatário é preso em Curitiba enquanto aplicava golpe

Sem Comentários

18/07/2019

Nesta quarta-feira (17), um homem de 36 anos, suspeito de cometer ao menos sete crimes de estelionato foi preso em Curitiba (PR). A prisão ocorreu no Centro, no momento em que ele tentava consumar mais um golpe na capital. Em um dos casos, ele teria se apossado de seis veículos de um corretor de imóveis, que seriam supostamente trocados em uma caminhonete. A polícia chegou até ele por denúncia de uma das vítimas.

Durante as investigações, os policiais constataram no sistema policial que o indivíduo já contava com um mandado de prisão em aberto pelo crime de estelionato. Em razão do fato, a equipe monitorou um encontro entre o suspeito e a próxima vítima e realizou a prisão. O golpe seria a transferência de um imóvel.

Com a prisão do homem, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) espera que outras vítimas apareçam e registrem boletim de ocorrência na delegacia, para que o suspeito possa ser responsabilizado por todos os crimes. O suspeito responderá por estelionato e encontra-se detido à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Tribuna PR

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Estelionatário preso em flagrante em Rio Verde

Sem Comentários

19/07/2019

Nesta quinta-feira (18) a Polícia Civil, através do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público (GEPATRI), conseguiu prender em flagrante um homem devido à prática do crime estelionato. A Polícia Civil já havia recebido denúncias de que um homem estava praticando estelionato na cidade de Rio Verde (GO), através de uso de documentos falsos. A partir daí, as investigações começaram. Outra denúncia foi feita ontem (18), quando foi indicado que o autor estaria em uma agência bancária da cidade. Os agentes policiais então se descolaram até a agência bancária, mas o suspeito já havia saído.

Na agência bancária, o suspeito se identificou com documento de nome diferente do seu, e estava na iminência de realizar um empréstimo de R$ 10 mil, porém, não teve o cadastro aprovado. Os agentes policiais continuaram a busca e lograram encontrando o suspeito, que confessou estar aplicando crime de estelionato, utilizando documento falso.

Os agentes realizaram busca no interior do veículo do suspeito e encontraram vários documentos, todos falsificados, além de vários comprovantes de endereço em nome de terceiros.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Rio Verde Agora

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Presos irmãos suspeitos de venderem carros com documentos falsos em Jataí

Sem Comentários

19/07/2019

Nesta quinta-feira (18), foram presas três pessoas, em Jataí (GO), suspeitas de venda de veículos de origem ilícita. O grupo, de acordo com a Polícia Civil (PC), realizou a venda de dezenas de veículos a preço de mercado, mas com documentos falsificados devido à origem irregular. Os irmãos e uma mulher foram presos em flagrante, acusados de associação criminosa e receptação qualificada.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Portal Mais Goiás

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia prende quadrilha que fazia documentos falsos para foragidos no Sul de SC

Sem Comentários

18/07/2019

Na última quinta-feira (11), com apoio do Setor de Operações da Diretoria de Inteligência da PC (DIPC), uma operação da Polícia Civil de Sombrio (SC) desmantelou um grupo que confeccionava carteiras de identidades falsas para foragidos do sistema prisional do Rio Grande do Sul.

De acordo com investigações da Polícia, o grupo cobrava R$ 5 mil a cada carteira de identidade. Nas cédulas eram inseridos dados falsos de foragidos do sistema prisional gaúcho. Ainda foi apurado que 15 cédulas de identidade foram produzidas ilegalmente e entregues.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: ND Mais

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla é presa após vítima de Boituva cair em golpe e perder R$ 11 mil

Sem Comentários

18/07/2019

Nesta segunda-feira (15), conforme a polícia, os dois homens foram presos por associação criminosa e estelionato, suspeitos de aplicarem golpes em Boituva (SP). De acordo com as informações da Polícia Civil, a vítima de Boituva fez um depósito de R$ 11 mil a uma agência de Jaciara (MT). Quando percebeu que caiu em um golpe em um site de vendas, um Boletim de Ocorrência (B.O.) foi registrado. A polícia entrou em contato com o banco, bloqueou a quantia e informou sobre a localidade da agência onde o suspeito sacaria o dinheiro.

Ainda segundo a polícia, um criminoso foi localizado e preso em Jaciara. Depois da prisão, eles descobriram que um segundo envolvido no crime receberia o dinheiro. Os dois homens foram presos e encontram-se à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior