Bancos e Polícia Federal unem esforços para combate à fraude eletrônica

Sem Comentários

26/02/2018

Os maiores bancos instalados no Brasil estão unindo esforços com a Polícia Federal para fortalecer o combate às fraudes bancárias eletrônicas. O acordo de cooperação técnica foi assinado nesta segunda-feira (26) entre as instituições financeiras, a PF e a Febraban – Federação Brasileira de Bancos, em São Paulo. Segundo a Febraban, o acordo visa o compartilhamento de informações e as mais recentes tecnologias no combate aos crimes eletrônicos, para garantir a segurança das transações financeiras realizadas de forma eletrônica pelos clientes no setor bancário. O termo de cooperação também prevê o desenvolvimento de estudos técnicos e profissionais, além da elaboração e produção de documentos de segurança para uso nas atividades de inteligência. O convênio regulamenta os procedimentos dos bancos para comunicar, à Polícia Federal, suspeitas ou confirmação de práticas de ilícitos penais. Além disso, trata do compartilhamento de informações sobre movimentação de recursos financeiros relacionados a crimes contra instituições financeiras. O presidente da Febraban, destaca que, além de investir em sistemas de tecnologia da informação para segurança, os bancos brasileiros têm como prática atuar em estreita parceria com governos, polícias e com o Poder Judiciário, para combater crimes trocando informações e propondo novos padrões de proteção. Já o diretor-geral da Polícia Federal, comenta que o acordo operacionaliza o combate aos crimes cibernéticos em fraudes bancárias, buscando beneficiar os cidadãos de todo o País. Segundo ele, os trabalhos já terão início no próximo dia 13 de março na unidade de repressão dos crimes cibernéticos em Brasília.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Computer World

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça.

Comentários

*