PF cumpre mandado contra servidor suspeito de fraudar Benefício disponibilizado pelo Governo

Sem Comentários

22/10/2019

Uma operação da Polícia Federal foi deflagrada na manhã desta terça-feira (22), em Campina Grande. De acordo com a PF, a operação “Simbiose” teve como objetivo combater supostas ilicitudes que estariam acontecendo na concessão de benefícios assistenciais do Governo Federal. Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa de um prestador de serviço do município. Segundo as investigações da PF, o funcionário é lotado na Unidade do Cadastro Único da Secretaria de Assistência Social, e desempenha a função de cadastrar/atualizar os dados das famílias que serão contempladas ou já recebem o auxílio, realizando atendimentos diários de pessoas interessadas em obter o benefício social. Assim, valendo-se de sua condição na Secretaria Municipal de Assistência Social de Campina Grande, o servidor realizava a inserção ilícita de dados falsos no Sistema de Cadastro, com o intuito de gerar o pagamento ou majorar o valor pago do benefício daqueles contemplados no Programa, mediante cobrança de valores indevidos. O servidor vai responder pelos crimes de inserção de dados falsos nos sistemas de informação e corrupção passiva, cujas penas, somadas, podem chegar a mais de 15 anos de reclusão.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1/PB

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.


PF cumpre mandados contra acusados de comercializar dinheiro falso em Cuiabá

Sem Comentários

22/10/2019

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (22), a Operação Real Fake, que visa combater a oferta e a comercialização de moeda falsa feita através de redes sociais e aplicativo de mensagens instantâneas e chamadas de voz para smartphones. As cédulas falsas são oferecidas pelos investigados como sendo de ótima qualidade e são encaminhadas aos compradores pelos Correios. Em junho, um homem foi preso em flagrante em São Paulo-SP quando estava prestes a enviar pelos Correios diversos objetos postais contendo cédulas falsas. Foi constatado que o preso tinha diversos antecedentes criminais entre elas o envolvimento em explosão de caixas eletrônicos e formação de quadrilha. A próxima etapa da operação será a análise dos materiais apreendidos visando a identificação não apenas de outros compradores e fornecedores como também dos falsificadores das cédulas monetárias.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Marreta Urgente

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.


PF deflagra operação na Grande BH para investigar fraude no INSS

Sem Comentários

22/10/2019

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (22) uma operação para investigar fraudes na obtenção de benefícios previdenciários que podem chegar a mais de R$ 13,5 milhões. A força-tarefa previdenciária de hoje, formada pela Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista, batizada de Operação Acinte, que faz alusão à postura de dois investigados em relação à Justiça. Um deles foi indiciado em cerca de 100 inquéritos policiais que tramitaram na PF, com condenação em pelo menos três ações penais relacionadas à prática de estelionato em detrimento do INSS. O segundo possui vários registros policiais, tendo sido preso em flagrante na Zona da Mata mineira, em maio de 2017, nas dependências da Receita Federal, tentando obter registros na base CPF com diversos documentos de identidade falsos em seu poder. A ação penal a que o segundo envolvido responde encontra-se em fase de prolação de sentença, ou seja, há recursos jurídicos a serem esgotados. Segundo a Polícia Federal, apesar dos processos, ambos os investigados permanecem fraudando o INSS e, mensalmente, gastam grande parte de seu tempo comparecendo às agências bancárias, para sacar os valores relacionados aos benefícios fraudados.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: SeteLagoas

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla é presa aplicando golpe do bilhete premiado em idosa de 75 anos

Sem Comentários

18/10/2019

Dois estelionatários foram flagrados praticando o golpe do bilhete premiado em um município de São Paulo, nesta quinta-feira (17). A dupla foi surpreendida por um policial civil, na praça do Perpétuo Socorro, dentro de um carro branco, ano 2012. Eles estavam com a vítima, uma idosa de 75 anos e que estava debilitada por ter passado por cirurgia recentemente. De acordo com a Polícia Civil, o investigador estava em atividade de rotina quando foi abordado por um pedestre, que denunciou que um possível golpe do bilhete premiado estaria em andamento. Após acompanhamento, foi realizada abordagem, sendo que a idosa estava no interior do Cruze juntamente com a dupla. Com os dois já detidos, ambos foram questionados e confessaram que eram de Rio Claro e que vieram a São João para aplicar o golpe do bilhete premiado. Segundo a Polícia Civil, os indiciados estavam levando a idosa ao banco e tentariam sacar dinheiro da conta dela, a iludindo com uma história fictícia de um bilhete e que ela seria recompensada por prestar ajuda aos golpistas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Jornal O Munincípio

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PRF prende homem suspeito de liderar esquema de fraudes no INSS no MA e PI

Sem Comentários

18/10/2019

A Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA) prendeu nesta quinta-feira (17), o homem apontado como líder de um esquema de fraude milionária contra o INSS no Maranhão e Piauí. Ele havia sido preso na operação ‘Grande Família’ deflagrada pela Polícia Federal em maio deste ano e estava foragido da Justiça do Piauí. Contra ele, existem dois mandados de prisão pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, corrupção ativa e assalto qualificado. De acordo com a PRF, ele foi solto após a operação da PF e teve a prisão preventiva decretada em setembro. Após a prisão, ele foi encaminhado ao 12º Delegacia de Polícia Civil. Segundo a PF, 639 benefícios do INSS foram fraudados durante o esquema.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1 MA

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

ÁUDIO: golpistas do DF fingem ser bancários para desviar dinheiro de empresários

Sem Comentários

17/10/2019

Um grupo suspeito de desviar dinheiro da conta de empresários por meio de falsas ligações bancárias é investigado pelo Departamento de Crimes Cibernéticos da Polícia Civil de Brasília. Os criminosos usavam QR Code – tipo de código de barras – cedido pelas próprias vítimas para acessar contas. Segundo a polícia, os alvos eram empresários que tinham contas jurídicas e “altos valores disponíveis”. Até esta quarta-feira (16), três suspeitos tinham sido presos. ”Eles sabem quais as empresas que têm conta em determinado banco e ligam para essas pessoas”, afirma o delegado.

 

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1 DF

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Procurada por golpes de estelionato em vários estados é presa em Jundiaí

Sem Comentários

17/10/2019

Uma mulher de 51 anos procurada por golpes de estelionato em todo o país foi presa em flagrante, nesta quarta-feira (16), em uma loja de veículos de Jundiaí. A suspeita e o marido foram flagrados dentro da loja quando tentavam retirar os documentos de um veículo comprado com documentos falsos. Com eles foram apreendidos diversos cartões, talões de cheques, malas e sacolas. De acordo com os registros da Polícia Civil, a criminosa pratica crimes há 34 anos em vários estados brasileiros e é considerada uma das maiores estelionatárias do país. Além deste, uma uma pessoa alegou à polícia que foi vítima do bilhete premiado. Para entender como ocorriam os últimos crimes, a polícia vai pedir a quebra do sigilo bancário.


Ler a notícia na íntegra

Fonte: Novo dia Notícias

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior