Passageiros com passaportes falsos são presos em Guarulhos

Sem Comentários

18/10/2018

Dois passageiros com passaportes falsos foram presos pela PF (Polícia Federal) no Aeroporto Internacional de São Paulo. Os agentes foram acionados na tarde da quarta-feira (17) para que apurassem a possível falsidade de dois passaportes sul-africanos. Segundo nota divulgada pela PF, após uma breve sequência de perguntas, os passageiros confessaram os verdadeiros nomes e admitiram terem comprado os passaportes. Os homens, nacionais de Bengala, têm 21 e 32 anos de idade e estavam embarcando para Bogotá, na Colômbia e San Jose, na Costa Rica. Ambos receberam voz de prisão em flagrante pelo crime de uso de documento falso. Os presos serão encaminhados ao presídio estadual, onde ficaram à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Destak

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeito de aplicar golpes de venda de terreno pela internet é procurado pela polícia em PE

Sem Comentários

18/10/2018

Está sendo procurado pela Polícia Civil de Pernambuco, um homem suspeito de aplicar golpes com vendas de terrenos pela internet. Segundo a corporação, há pelo menos três inquéritos contra ele sobre a venda de um mesmo terreno, no bairro de Maria Farinha, em Paulista, no Grande Recife. O terreno não pertence ao suspeito e ele utiliza documentos falsos para enganar os interessados na compra. Uma das vítimas que prestou queixa foi uma nutricionista de 35 anos. Ela conta que perdeu R$ 10 mil durante a negociação do local. O golpe aconteceu no início do mês de outubro. Após ser demitida da empresa onde trabalhou por cinco anos, ela separou o dinheiro da indenização para comprar um terreno e morar perto da praia. A mulher conta que procurou anúncios em redes sociais e encontrou um terreno no valor de R$ 28 mil. O vendedor mostrou a ela documentos de escritura, no Cartório de Paulista, certificado de propriedade de imóvel e papéis do IPTU de Paulista, todos no nome do suspeito. Depois de conversar com o ele pelo WhatsApp e ver mais fotos do lugar, a nutricionista marcou um encontro, em frente ao terreno em negociação. O vendedor pediu que ela depositasse “logo” R$ 10 mil. Os outros R$ 18 mil seriam pagos depois de darem início ao processo de transferência do terreno para o nome dela. Mas depois desse primeiro depósito ser feito, ela não conseguiu mais contato com o vendedor. “Foi quando à noite [na quarta-feira] eu falei com ele no zap (sic.), ele não respondeu. Na quinta de manhã eu falei com ele, ele não respondeu. Eu liguei, ele não atendeu. Foi quando eu pensei: ‘caí num golpe’. Quando ele sumiu. [Pegou] R$ 10 mil e depois ele desapareceu”, afirma a nutricionista. Foi só quando procurou um advogado e prestou queixa na Delegacia de Maria Farinha que ela descobriu que o homem que aplicou o golpe nela já havia sido denunciado outras vezes pelo mesmo tipo de crime, estelionato. O suspeito responde por outros dois processos criminais aguardando o julgamento na justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem cai no golpe do falso sequestro e perde mais de R$ 1 mil em Vilhena

Sem Comentários

18/10/2018

Em Vilhena (RO), na região do Cone Sul, um homem, de 50 anos, caiu no golpe do falso sequestro e perdeu mais de R$ 1 mil. O caso foi registrado na Polícia Civil, na quarta-feira (17), como estelionato. Através de telefonemas, o suspeito afirmava que havia sequestrado a filha e a neta da vítima. O homem contou aos policiais que o suposto sequestrador pediu a quantia de R$ 10 mil como resgate. Caso a vítima não fizesse o depósito, o suspeito ameaçava estuprar e matar as reféns. Após fazer o depósito de R$ 1, 2 mil, o homem descobriu que era um golpe e procurou a delegacia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, mas o suspeito ainda não foi identificado. A polícia alerta para que, nesses casos, a vítima mantenha a calma e desligue o telefone. Em seguida, entre em contato com a pessoa supostamente sequestrada, ou com um parente próximo, e acione a polícia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem procurado por estelionato é preso em Olinda, no Grande Recife

Sem Comentários

18/10/2018

Um homem de 38 anos procurado por estelionato no estado da Paraíba, foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco em Olinda. De acordo com a corporação, ele aplicava golpes envolvendo a venda de imóveis. O mandado de prisão foi expedido na Paraíba. A polícia informou que, em Pernambuco, há pelo menos mais duas denúncias contra ele por novos golpes, aplicados em Petrolina, no Sertão, e no Recife. O homem era procurado por aplicar um golpe na venda de uma casa, negociada pela internet. Segundo a corporação, ele chegou a levar os interessados para conhecer o imóvel, que não pertencia a ele, e fugiu após receber parte do pagamento. Em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, há uma nova denúncia contra ele sobre um caso similar. A vítima perdeu R$ 15 mil durante a negociação de uma casa no município. Outro boletim de ocorrência também foi registrado contra o suspeito em um estabelecimento comercial do Recife, onde ele teria comprado R$ 7 mil em pneus, mas teve o pagamento não autorizado pelo banco.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem cai em golpe do falso empréstimo em Sorriso

Sem Comentários

18/10/2018

Na quarta-feira (17), o denunciante, de 39 anos, registrou um boletim de ocorrência, informando que foi vítima do golpe do falso empréstimo e teve um prejuízo de R$1.050 mil ao tentar emprestar R$ 15 mil. O homem disse que estava em casa quando recebeu a ligação de uma pessoa se passando por funcionário da suposta financeira oferendo empréstimo. Então, solicitou R$ 15 mil emprestados. Porém, para receber o valor ele precisaria depositar R$1,5 mil para liberação. A vítima afirma que fez um depósito de R$ 650 e outro de R$ 400, entretanto, o funcionário disse que para receber o valor precisar completar os R$ 1,5 mil. Ele desconfiou que se tratava de um golpe e procurou a polícia para registrar a denúncia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Só Notícias

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Falsa corretora é suspeita de aplicar golpes na venda de imóveis em Goiânia

Sem Comentários

19/10/2018

De acordo com as investigações, a mulher, de 31 anos, usava um modelo de contrato com a logomarca de uma imobiliária e pedia um adiantamento para fechar o negócio. Porém, ao invés de repassar o valor para a empresa, ela se apropriava deles. Por consequência, os clientes, também não tinham acesso aos bens. O Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Goiás (Creci-GO) informou que a suspeita não possui formação nem mesmo inscrição no órgão. Uma dona de casa foi uma das vítimas. Ela conta que juntou, com muito esforço, dinheiro para tentar comprar a casa própria e se mostrou magoada com o golpe. “[A gente] mora de aluguel há muito tempo e a gente estava juntando para conseguir comprar a nossa casinha. É triste a pessoa estar ali juntando para sonhar uma coisa que é importante na vida da gente, que é a casa da gente e ela chegar e brincar com o sentimento dos outros”, lamenta. Os contratos usados pela mulher eram obtidos em uma imobiliária, onde ela chegou a trabalhar por cerca de um mês. No currículo que ela apresentou, constam apenas referências de trabalho em uma farmácia e conhecimentos em informática. O advogado da instituição disse que a imobiliária também foi vítima da suspeita. “A imobiliária contratou para treinamento e estando dentro da empresa foi muito fácil para ela receber ou tomar para si o contrato padrão da imobiliária, com o timbre da imobiliária e se aproveitando deste arquivo, ela está utilizando para praticar os golpes aos terceiros”, afirma.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Três são presos com documentos falsos na rodovia dos Tamoios em Paraibuna

Sem Comentários

16/10/2018

Três pessoas foram presas nesta segunda-feira (16) com documentos falsos na rodovia dos Tamoios em Paraibuna (SP). Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), eles faziam uma ronda no km 26 da rodovia por volta das 16h, quando suspeitaram dos ocupantes do veículo. Na abordagem, a polícia encontrou com eles vários documentos falsos. Em depoimento, eles contaram que tinham adquirido as carteiras de habilitação e identidade com um falsificador no centro de São Paulo, mas não explicaram para que os documentos seriam usados. Além dos documentos, também foram apreendidos R$ 2,6 mil em espécie. O homem de 44 anos, e as duas mulheres de 25 e 27 anos foram presas em flagrante por uso de documento falso e falsificação. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil. O homem foi encaminhado à cadeia de Jacareí e as mulheres encaminhadas à cadeia de Santa Branca.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior